Meu Carrinho

Fechar

Vinhos do Vale Central

O Vale Central, no Chile, é a maior região produtora de vinhos da América Latina. E, claro, é o vale mais produtivo do país, com 2.700 milhas de litoral do Oceano Pacífico e terroirs especialíssimos. 

Tanto que muitos viticultores franceses encontraram na região um ambiente propício para a produção de grandes vinhos que, inclusive, se assemelham aos da França, em vários aspectos. 

A produção vitivinícola do Chile aumentou expressivamente ao longo das últimas décadas, fazendo com que esse país latino-americano se destacasse cada vez mais no mundo do vinho. 

E o Vale Central foi um dos pioneiros no processo de valorização dos rótulos chilenos, por sua alta qualidade e expressividade. O vale é uma das seis regiões vinícolas chilenas regulamentadas com normas para uso das Denominações de Origem. 

Trata-se de uma área plana que fica na Cordilheira Litoral e Los Andes, com solos diversos e clima mediterrâneo que favorecem a variedade de terroirs e, consequentemente, de vinhos. 

Dentro do Vale Central há outros vários vales: Vale do Maipo, Vale de Rapel (Colchagua e Cachapoal), Vale de Curicó e Vale de Maule. Quando no rótulo do vinho está escrito apenas Vale Central quer dizer que as uvas que o originaram vieram de mais de um desses vales. Os exemplares produzidos ali são, geralmente, harmônicos, equilibrados, com um estilo fácil de agradar, tanto os brancos quanto os tintos. 

As principais uvas cultivadas são as célebres francesas que se adaptaram muito bem à região chilena. Cabernet Sauvignon, Carménère, Merlot, Syrah, Chardonnay e Sauvignon Blanc.