Meu Carrinho

Fechar

Já ouviu falar em Vinhas Velhas?

Você já deve ter notado que muitos vinhos vêm com o termo vinhas velhas em seu rótulo. Mas por que será que os produtores usar videiras antigas para criar seus exemplares? As vinhas velhas dão origem a uvas mais concentradas em aromas e sabores e, consequentemente, vinhos mais intensos. 

Após serem plantadas, as videiras demoram cerca de três anos para produzirem e mostrarem seu potencial. As vinhas mais jovens ainda não têm raízes profundas e acabam passando por menos camada de solo. Já as mais velhas possuem menos cachos, menor rendimento, têm raízes profundas que captam uma grande diversidade de compostos químicos, resultando em vinhos mais concentrados e potentes. 

Que idade tem que ter uma vinha para ser considerada velha? Não existe um consenso, mas muitos produtores estimam que a partir de 40 anos a vinha já é considerada antiga. Vale ressaltar que a qualidade do vinho não tem necessariamente relação com a idade da videira.

Há exemplares excepcionais elaborados a partir de uvas de videiras jovens, da mesma maneira que existem rótulos impecáveis de vinhas velhas. Um fato é que as mais antigas têm a capacidade de expressar perfeitamente o terroir local.

Comentários

0 Comentários

Deixe seu Comentário