Meu Carrinho

Fechar

Principais tipos de uvas

A Vitis vinifera, espécie de videira que origina uvas para a produção de vinhos, possui uma grande variedade de tipos, entre tintas e brancas. Muitas são cultivadas no mundo todo, outras em regiões mais específicas e algumas são bastante famosas, como a Cabernet Sauvignon, por exemplo. Saiba mais sobre os tipos de uvas para vinhos. 

Uvas tintas

Usadas tanto na elaboração de tintos, rosés e até brancos - neste caso sem contato com as cascas -, as uvas tintas têm grande diversidade e origem em muitos países produtores, embora o berço da maioria seja a França.

Cabernet Sauvignon

Uma das castas mais difundidas do mundo, a Cabernet Sauvignon é conhecida como a rainha das uvas tintas, justamente por ser tão famosa. Ela nasceu do cruzamento da tinta Cabernet Franc e da branca Sauvignon Blanc, que são originárias de Bordeaux, na França, provavelmente, em meados do século XVII. Fácil de se adaptar aos mais diversos terroirs, ela é cultivada nos quatro cantos do planeta.

Os vinhos provenientes da Cabernet Sauvignon são frutados, com taninos presentes, bom corpo e acidez agradável. Eles vão muito bem harmonizados.  

Merlot

A Merlot é uma uva tinta originária de Bordeaux, apesar de ser muito conhecida por gerar grandes vinhos na Borgonha, outra região francesa. O nome é devido ao fato dos seus cachos serem similares à penugem do pássaro Merle (Melro-preto). 

Sendo uma casta de fácil adaptação, a Merlot também se difundiu pelo mundo. Os seus vinhos geralmente são macios e com ricos sabores, com fruta em evidência, bom corpo e acidez média. 

Tempranillo

Nascida no norte da Espanha, a Tempranillo é provavelmente a uva espanhola mais conhecida do mundo. Seu nome vem da palavra temprano, que significa cedo, em espanhol, já que ela possui amadurecimento precoce e é uma das primeiras tintas a serem colhidas. 

Os vinhos originários dela são bastante variados, de acordo com a região em que são elaborados. É possível degustar um tempranillo jovem e fresco, como também um mais robusto. Normalmente são rótulos aromáticos e com estrutura.

Uvas brancas

As uvas brancas dão origem a vinho tranquilos, sem a presença de gás carbônico, e espumantes. Diferentemente das uvas tintas, as brancas são separadas das cascas e sementes durante a elaboração dos vinhos.

Chardonnay

A Chardonnay tem sua origem na Borgonha e é considerada a rainha das uvas brancas, por ser uma das mais cultivados no mundo. Ela nasceu do cruzamento da Gouais Blanc com a Pinot Noir e seu nome é homenagem a uma aldeia borgonhesa. 

As características dos vinhos originados a partir da Chardonnay variam de acordo com as regiões em que são elaborados. No frio, os aromas predominantes são de frutas cítricas e frescas, em locais mais quentes, predominam frutas tropicais maduras. 

Sauvignon Blanc

Delicada e de colheita precoce, a Sauvignon Blanc é originária de Bordeaux. Ela se adapta melhor a climas frios, em que atinge seu máximo potencial. Plantada em diversos terroirs, essa casta é bastante popular entre os amantes de vinhos brancos, por seu frescor e leveza. 

Os vinhos elaborados com a Sauvignon Blanc, de forma geral, têm personalidade, são aromáticos e expressivos. 

Torrontés

De origem espanhola, a Torrontés é uma uva branca muito conhecida na Argentina. Inclusive, o país detém a maior quantidade de vinhedos dessa casta no mundo. O seu nome se refere a um grupo de uvas, mas é comumente encontrado isolado nos rótulos.

Os vinhos da Torrontés são ricos em aromas, com notas florais, herbais e toque de especiarias. Geralmente, eles são fáceis de beber, frutados e com boa acidez. 

 

Comentários

0 Comentários

Deixe seu Comentário